Razão, irmã do Amor e da Justiça
Language: Portuguese (Português) 
Razão, irmã do Amor e da Justiça, 
Mais uma vez escuta a minha prece. 
É a voz dum coração que te apetece, 
D'uma alma livre, só a ti submissa. 

Por ti é que a poeira movediça 
De astros e soes e mundos permanece; 
E é por ti que a virtude prevalece, 
E a flor do heroismo medra e viça. 

Por ti, na arena trágica, as nações 
Buscam a liberdade, entre clarões; 
E os que olham o futuro e scismam, mudos, 

Por ti, podem sofrer e não se abatem, 
Mãe de filhos robustos, que combatem 
Tendo o teu nome escrito em seus escudos! 

About the headline (FAQ)

Confirmed with Os sonetos completos de Antero de Quental, Porto, Livraria Portuense, 1886, page 71.


Authorship

Musical settings (art songs, Lieder, mélodies, (etc.), choral pieces, and other vocal works set to this text), listed by composer (not necessarily exhaustive)


Research team for this text: Emily Ezust [Administrator] , Joost van der Linden [Guest Editor]

This text was added to the website: 2021-03-04
Line count: 14
Word count: 102