Pallido Christo, ó conductor divino!
Language: Portuguese (Português) 
Pallido Christo, ó conductor divino!
A custo agora a tua mão tão doce
Incerta nos conduz, como se fosse
Teu grande coração perdendo o tino…

A palavra sagrada do destino
Na bocca dos oraculos seccou-se;
E a luz da sarça-ardente dissipou-se
Ante os olhos do vago peregrino!

Ante os olhos dos homens — porque o mundo
Desprendido rolou das mãos de Deus,
Como uma cruz das mãos d'um moribundo!

Porque já se não lê Seu nome escrito
Entre os astros — e os astros, como atheus,
Já não querem mais lei que o infinito!

About the headline (FAQ)

Confirmed with Antero de Quental, Odes Modernas: segunda edição, Livraria Internacional, 1875, page 32.


Authorship

Musical settings (art songs, Lieder, mélodies, (etc.), choral pieces, and other vocal works set to this text), listed by composer (not necessarily exhaustive)


Research team for this text: Emily Ezust [Administrator] , Joost van der Linden [Guest Editor]

This text was added to the website: 2021-03-03
Line count: 14
Word count: 94