Não, não digas nada
Language: Portuguese (Português) 
Não, não digas nada!
Supor o que dirá
A tua boca velada
É ouvi-lo já-
 
É ouvi-lo melhor
Do que o dirias.
O que és não vem à flor
Das frases e dos dias.
 
És melhor do que tu.
Não digas nada: sê!
Graça do corpo nu
Que invisível se vê.

Authorship:

Musical settings (art songs, Lieder, mélodies, (etc.), choral pieces, and other vocal works set to this text), listed by composer (not necessarily exhaustive):


Researcher for this text: Emily Ezust [Administrator]

This text was added to the website: 2011-12-01
Line count: 12
Word count: 51