by Antônio Tavernard (1908 - 1936)

Foi bôto, sinhá!
Language: Portuguese (Português) 
Tajá-Panema chorou no terreiro
E a virgem morena fugiu pro costeiro

Foi Bôto, Sinhá...
Foi Bôto, Sinhô!
Que veio tentá
E a moça levou
E o tar dansará,
Aquele doutô,
Foi Bôto, Sinhá...
Foi Bôto, Sinhô!

Tajá-panema se pôs a chorá.
Quem tem filha moça é bom vigiá!

O Bôto não dorme
No fundo do rio
Seu dom é enorme
Quem quer que o viu
Que diga, que informe
Se lhe resistiu
O Bôto não dorme
No fundo do rio...

Authorship

Musical settings (art songs, Lieder, mélodies, (etc.), choral pieces, and other vocal works set to this text), listed by composer (not necessarily exhaustive)


Researcher for this text: Emily Ezust [Administrator]

This text was added to the website: 2010-07-08
Line count: 20
Word count: 80